Diogo Bezerra Lopes Pereira

29 de Julho de 2013

IDADE: 29 anos.
FORMAÇÃO: Administração de Empresas, pela Universidade de Pernambuco (UPE).
QUANTOS CONCURSOS JÁ REALIZOU: em torno de 10 concursos.
CARGO QUE OCUPA: Técnico Judiciário – Área Administrativa do TRF-5.
OBJETIVO FINAL NA CARREIRA PÚBLICA: Auditor Fiscal – SEFAZ/PE.

Por que resolveu fazer concursos?

 

Resolvi investir nessa área buscando principalmente estabilidade e qualidade de vida.

 

Fale um pouco de sua trajetória nos concursos públicos:

 

Após formado, trabalhei durante 2 anos na iniciativa privada, e paralelamente a isso já comecei a fazer os primeiros concursos, ainda de forma muito amadora. Como os resultados foram desanimadores, resolvi dar dedicação integral a esse projeto: saí do emprego e passei praticamente 1 ano só estudando, além de ter feito cursinhos preparatórios, pois não tinha base alguma de conhecimentos jurídicos.

Após esse período, comecei a fazer os concursos, dessa vez muito mais confiante e preparado. Fui aprovado para Assistente Técnico do Ministério da Fazenda, e exerci esse cargo por mais de 3 anos. Durante essa fase, prestei alguns outros concursos, com resultados bem variados. Atualmente, sou técnico judiciário no TRF-5, cargo que ocupo desde abril/2013.

 

Qual a sua metodologia de estudo?

 

Ao longo da minha preparação para concursos, já tive vários métodos de estudo. O segredo é adaptar cada preparação ao seu momento de vida atual. Já passei períodos em que só estudava, sem trabalhar, e aí conseguia dividir melhor os horários entre cursinho, teoria, exercícios, etc. A partir do momento em que você passa a conciliar estudo e trabalho, a disciplina torna-se imprescindível: é preciso otimizar o estudo, focar em assuntos / matérias mais relevantes, pois o tempo não está mais a seu favor.

 

 

Algumas dicas e conselhos que você acha interessante para quem está se preparando para um concurso público:

Não subestime a preparação pós-edital. Lógico que uma boa base de estudos é essencial, mas aqueles 2 a 3 meses entre a publicação do edital e a sua prova fazem toda a diferença. Com o edital em mãos, direcione os estudos, foque naqueles assuntos mais complicados, naquelas matérias com uma pontuação ponderada maior.

 

Resolva muitos exercícios, simule situações de prova, conheça bem o estilo da banca examinadora, enfim, crie uma estratégia de prova.

 

Não deixe a sua vida social de lado: a vida de concurseiro é feita sim de abdicações, mas não precisamos ser radicais nesse ponto. Não desanime com resultados ruins, eles fazem parte do seu processo de aprovação!

Approved Empreendimentos Digitais

CNPJ: 26.835.989/0001-­47

Suporte: contato@fuiaprovado.com

Termos de Uso  |  Política de Privacidade