Foi reprovado? Veja o que fazer para não desanimar

1-Sep-2013

Em primeiro lugar, é importante saber que essa é uma etapa praticamente obrigatória no caminho de quem busca uma vaga na administração pública. O projeto é grandioso e, por isso, o sucesso não vem de imediato. Quem tem consciência disso tem mais condições de superar as dificuldades do que aqueles que começam a estudar como se fossem “corredores de 100 metros rasos”, que não terão a resistência necessária para concluir a maratona.

 

Podemos considerar que a decisão de fazer concurso é a 1ª etapa, seguida da 2ª, que é marcada pelo entusiasmo do iniciante. A etapa das reprovações traz as primeiras pedras do caminho. Por outro lado, é a mais rica, em termos de possibilidades reais de amadurecimento do candidato em relação aos conteúdos e à prática de fazer provas. Mas, é preciso objetividade de treinador para reconhecer o que precisa ser melhorado. E coragem de herói para não se deixar abater, porque é agora que o jogo realmente começa e são separados os que ficarão pelo caminho daqueles que vão vencer.

 

Para ajudar na sua avaliação, sugerimos algumas perguntas:

 

1 – Você está prestando concursos que cobram conteúdos muito diferentes?

Essa pode ser uma das razões das reprovações. É importante escolher uma área de concursos e manter o foco, porque haverá um leque de matérias em comum e, assim, o conhecimento adquirido para um concurso será aproveitado para o seguinte.

 

2 – Você sempre acerta um percentual de 50 a 70% nas provas?

Tem muita gente que faz um concurso e, mesmo sem grandes preparações, acerta uma boa quantidade de questões – mas não o suficiente para ser aprovada. E fica aguardando o próximo – sem estudar -, acreditando que terá mais sorte. O problema é que o percentual de acertos que falta para a aprovação não virá com sorte, e depende de dedicação e estudo sério, como comentaremos na pergunta seguinte.

 

3 – Você já viu toda a teoria das matérias básicas?

Após cada reprovação é preciso seguir estudando as matérias básicas da área escolhida, mesmo sem novo edital publicado. É isso que vai garantir vantagem em relação aos outros candidatos na próxima oportunidade. Uma semana de pausa após uma prova é o suficiente para recarregar as baterias e retomar a programação de estudo.

 

4 – Você não fez a pontuação mínima na matéria que achava que sabia mais?

Há casos em que o candidato fica tão seguro em uma disciplina que deixa de estudá-la e, na hora da prova, percebe que esqueceu informações que já soube bem. Por esse motivo, todas as matérias que serão cobradas devem ser estudadas a cada semana ou quinzena. Concluído o estudo da teoria (acompanhado de exercícios), o candidato deve preparar fichas-resumo e fazer revisões periódicas paralelamente à resolução de provas da disciplina.

 

5 – Suas reprovações são sempre por causa das mesmas disciplinas?

Observe se existe um “ponto fraco” no seu desempenho. É natural que o candidato tenha mais facilidade em algumas disciplinas, menos em outras e, em alguns casos, reais dificuldades em uma ou mais matérias.

 

6 – Falta tempo na hora da prova?

Há provas tão extensas e complexas que praticamente nenhum candidato consegue fazer todas as questões por falta de tempo. Mesmo assim, há estratégias que podem ser adotadas para tirar o melhor proveito da prova. Matemática e outras disciplinas afins exigem prática para que o desempenho possa ser melhorado. Assim, fazer muitos exercícios simples enquanto está estudando pode fazer a diferença para ganhar agilidade, que será útil na hora da prova. Enunciados muito extensos também requerem alguma prática, para que não se perca tanto tempo. E aí, mais uma vez, a familiaridade com questões da banca por meio da resolução de provas anteriores acostuma o candidato a lidar com a situação. Uma boa estratégia é priorizar as questões que podem ser resolvidas rapidamente, em todas as disciplinas, deixando aquelas que não têm solução rápida para um segundo momento. Assim, caso o tempo não seja suficiente, ao menos tudo o que o candidato sabia será respondido e os pontos, garantidos.

 

Fonte: G1 – Lia Salgado

Please reload

Postagens em Destaque

Você está interessado ou comprometido?

14-Mar-2017

1/5
Please reload

Postagens Recentes

Please reload

Pesquisa por tags

Please reload

Siga-nos

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Classic
  • YouTube Classic
  • Twitter Classic
Guia Prático para Passar em Concurso Público em 1 Ano

Approved Empreendimentos Digitais

CNPJ: 26.835.989/0001-­47

Suporte: contato@fuiaprovado.com

Termos de Uso  |  Política de Privacidade